Pai com câncer terminal procura família adotiva para filho

O que você faria nos últimos dias de sua vida? Um pai solteiro com câncer terminal, por exemplo, deu prioridade ao bem-estar de seu filho.
Créditos: Reprodução/Facebook
Segundo amigos de Nick, ele era um ótimo pai
Nick Rose, de 40 anos, decidiu procurar uma família adotiva para Logan, de 4 anos, antes de morrer. Durante nove meses, ele lutou contra um câncer no pulmão e nos ossos. Mesmo com muita dor, quis garantir uma vida boa ao seu filho.
"O Nick era um pai excelente. A mãe do Logan o abandonou logo depois do nascimento do menino e ele fazia tudo para agradar o filho. Manteve-se forte como nunca após saber do câncer, e foi muito corajoso durante todo o processo. No final, só queria garantir que o filho tivesse uma família adotiva quando ele morresse", disse uma amiga do homem em entrevista ao "Daily Mirror".
nick-rose-02
Créditos: Reprodução/Facebook
Logan tem 4 anos de idade
No dia 3 de janeiro, após a morte do pai, Logan foi entregue à família adotiva. Os amigos de Nick, no entanto, estão com dificuldades para pagar o funeral. Por isso, decidiram criar uma página para receber doações - as quais também serão direcionadas para que a criança tenha um bom início de vida nova. Eles pretendem arrecadar £3500 (por volta de R$ 13.700).

Fonte: Catraca Livre
 
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário