Pilates na Gestação




O método Pilates criado pelo alemão Joseph Hubertus Pilates (1880-1967) é uma atividade física de baixo impacto que enfatiza o desenvolvimento equilibrado do corpo através de núcleos de força, equilíbrio, flexibilidade e consciência proporcionando movimentos mais eficientes e para todas as idades.
A Gestação é um momento único e a prática de uma atividade física (devidamente liberada e acompanhada por profissional qualificado) fará toda a diferença para suportar tantas alterações hormonais que irão mexer com as emoções e alterações físicas que irão mudar totalmente o corpo da mulher.



O Pilates permite que a gestante siga um programa de exercícios seguros e eficaz durante toda a gestação que podem ser modificados de acordo com cada fase da gravidez permitindo exercícios mais suaves ou focados em determinada área do corpo. Possui alguns princípios que trazem benefícios como aumento da flexibilidade, fortalecimento muscular, consciência corporal, relaxamento e uma respiração adequada. E o trabalho integrado deles favorece o bom desenvolvimento da gestação, prevenindo dores e desconfortos e auxiliando no trabalho de parto.



Para a gestante, a centralização da musculatura abdominal e do assoalho pélvico faz toda diferença pois esses músculos irão sustentar a coluna, já que o centro de gravidade se altera com o aumento da lordose lombar, minimizando as dores lombares comuns na gestação. Também vai evitar a incontinência urinária pois trabalha o fortalecimento do períneo e  promove alívio de dores e inchaços nos membros inferiores pois ativa o sistema circulatório e fortalece essa musculatura que ajudará quanto ao ganho de peso e sobrecarga na coluna. 


Texto escrito por Fabiana Azevedo
Fisioterapeuta especialista em Pilates
Responsável Técnica do Parrelas Studio


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário