Esta mãe deu à luz gêmeos. 4 anos depois, ela percebe algo surpreendente.


Brandi Wood, uma jovem da Califórnia, nos Estados Unidos, é uma mãe como tantas outras. Ela ama seus filhos gêmeos, seu marido... e seu celular. Um dia, ela estava em casa com seus 2 meninos Blaine e Kylie, ambos de 4 anos, quando ela decidiu fazer um pequeno experimento para ver a influência da tecnologia na vida de sua família.
Facebook/Brandi Wood
Facebook/Brandi Wood

Ela descreveu o teste no Facebook:
"Hoje, eu fiz um pequeno experimento, enquanto observava os meus meninos brincando. Eu fiquei sentada calmamente num canto e contei quantas vezes eles olharam para mim enquanto brincavam. Eles me olharam por diversos motivos. Às vezes eles queriam me mostrar um truque - será que eu briguei com eles ou será que eu achei a ideia o máximo? Às vezes eles só queriam testar minha reação. Eu anotei quantas vezes eles me olharam."
Facebook/Brandi Wood

Ela chegou a uma conclusão triste após a contagem. "Eu me perguntei o que teria acontecido se eu tivesse ficado olhando para o meu telefone como eu normalmente fico." De acordo com sua lista, os gêmeos buscaram 28 vezes a sua atenção num curto espaço de tempo.

Facebook/Brandi Wood

Brandi wrote:
"28 times they would have asked themselves, what on the internet was so much more important than us. 28 times my boys wouldn't have received my attention when they were looking for it. 28 times my love would have been put into question, leaving them feeling emotionally ignored. 28 times I would show them that real life happens online." Then she wrote an important appeal, "in a world where we are only accepted on the basis of our online appearance, and not who we really are; in a world where likes and followers count more than real friends. In this world, time spent together is giving way to the isolation of sending a text message from one side of the room to the other. I ask you to please take time for your kids! They need you and if you waste loads of time on the internet, you never know who is watching you, and what kind of signal you're sending."

Bradi escreveu:
"Por 28 vezes, eles teriam se perguntado o que na internet era muito mais importante do que eles. Por 28 vezes, meus meninos não teriam recebido a minha atenção, quando eles estavam pedindo por ela. Por 28 vezes, meu amor teria sido posto à prova, fazendo com que meus filhos se sentissem emocionalmente ignorados. Nestas 28 vezes, eu lhes teria mostrado que a vida real acontece quando estamos online."
Em seguida, ela escreveu um apelo importante: "Num mundo onde nós só somos aceitos com base em nossa presença online e não em quem realmente somos; em um mundo onde curtidas e seguidores contam mais do que amigos de verdade. Neste mundo, o tempo gasto junto com quem amamos está dando lugar ao isolamento de enviar uma mensagem de texto de um lado a outro de um mesmo cômodo. Eu lhe peço, por favor, que você tenha tempo para os seus filhos! Eles precisam de você e, se você gastar um monte de tempo na internet, você nunca saberá quem está te observando e nem que tipo de mensagem você está enviando para as crianças."

Facebook/Brandi Wood
Uau! Que declaração poderosa. Assim que Brandi escreveu estas palavras, seu post se alastrou rapidamente pela internet. Apesar da ironia desta mensagem ter se espalhado justamente num ambiente online, muitas pessoas alegam terem aprendido uma bela lição. Nada na internet é mais importante do que o tempo compartilhado com seus filhos!

Fonte: Nãoacredito.com.br
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário