Um homem que abandona sua família sempre se arrepende







Texto por: Diana Cantor Martinez
  • Uma das decisões mais difíceis que um homem enfrenta é quando sente que chegou o momento de comprometer-se em casamento, e a próxima grande decisão é quando ele decide abandonar o lar que ele construiu ao lado da pessoa que ele uma vez amou, ou talvez ainda ama. Embora eu tenha visto homens saírem de suas casas sem a menor cerimônia, na maioria dos casos há uma grande batalha interna sendo travada.
    Escrevo este artigo para aqueles homens que permanecem em casa lutando entre o desejo de sair e a dor de partir, eu escrevo com a esperança de tocar alguma parte de seus corações que os leve a reflexão.
  • Não vamos falar sobre motivos

    Quando se fala de motivos também se encontram desculpas, porém tudo pode ser superado se houver amor! Quero me distanciar um pouco, nesta nota, dos motivos que levam um homem a decidir deixar sua família, que incluem, entre outros: uma ilusão, a monotonia, provavelmente sente que o amor por sua esposa não é mais o mesmo, incompatibilidade, brigas constantes, falta de perdão, etc. Podem existir vários possíveis motivos, mas quero que você pare um momento e pense se essa barreira ou obstáculo é mais forte do que o que você construiu ao lado de uma esposa e filhos que o amam e precisam de você.
    Lembre-se de quando você assumiu o compromisso do casamento diante de Deus, no altar prometeu estar com sua esposa nos momentos bons e maus, e este é um mau momento! Não estou tentando manipulá-lo, apenas quero que você entenda que o casamento, esposa e filhos, não são descartáveis, são para a vida toda e mesmo que você decida partir hoje, eles e a história de vida que vocês construíram sempre irão acompanhá-lo.
  • Tire um tempo e seja sempre sincero

    Conheço de perto vários casos em que as mulheres sofrem com uma incerteza constante, diante da insegurança gerada pela possibilidade de um divórcio. Homens, por natureza, tendem a ser introspectivos e não expressam facilmente seus sentimentos e nem os externam facilmente. As mulheres podem acusá-los de egoístas, mas nem sempre é egoísmo. Eu sugiro que cada marido, entenda o quão difícil é para sua esposa decifrá-lo e entender o que está acontecendo com você. Se você está neste ponto esclareça o melhor possível suas ideias, pensamentos, sentimentos e expresse-os a sua esposa. Tenho certeza de que ela irá entender. Não a deixe naquele mar de medo e frustração. Explique o momento de indecisão e confusão no qual você se encontra. Talvez ela não só entenda, mas também pode ajudar.
    Se você precisar de um tempo para organizar seus pensamentos e sentimentos, você pode tirar um tempo, mas seja coerente com o que estiver pedindo, é um tempo para refletir, analisar, compreender seus sentimentos. Se for o caso de você estar envolvido em um relacionamento paralelo ao seu casamento, você também deve distanciar-se desse relacionamento para que possa ser mais objetivo ao tomar decisões. Quero deixar claro que este não é um guia para você escolher entre sua esposa e outra mulher, apenas estou considerando as possibilidades. Se já tiver tomado a decisão e acha que não há como voltar atrás, por favor leia isto:
  • O amor é uma decisão

    Amar é uma decisão, um casamento não pode ser ligado unicamente ao desejo e a paixão, esses sentimentos se desgastam com o passar do tempo, mas você pode recuperá-los, basta lembrar do que você sentiu um dia. Você verá como essa lembrança poderá ser a sua salvação. Você poderá voltar a sentir esse amor se você se esforçar, se decidir fazê-lo.
  • Você não está deixando apenas uma casa para trás

    Não se trata de uma mudança, trata-se de deixar para trás sonhos, desejos e esperança, mas especialmente sua esposa e filhos. Seus filhos, que foram criação sua, precisam de você para crescer, você é o seu exemplo e modelo a seguir. Muitos homens que abandonam seu lar, em seguida não conseguem superar a indiferença com que seus filhos o tratam, mas só irão colher o que semearam
  • Busque a Deus e encontre refúgio em Sua palavra

    A melhor maneira de conseguir discernimento e a força necessária neste momento, é a oração. Ore com fé e confiança em Deus.
  • Aqueles que decidem ir sempre sentem falta de casa

    Há tantas histórias que refletem isso que eu acabei de escrever, me deparei com homens, familiares, amigos, conhecidos que sempre se lembram com tristeza e melancolia de tudo o que deixaram para trás; o amor e cuidado de sua esposa, o amor e companhia de seus filhos, a motivação para levantar-se e ir ao trabalho a fim de alcançar os sonhos, férias, celebrações especiais. Eu lhe pergunto: Por que tirar tudo isso de sua vida? É sua vida! A que você construiu e que precisa continuar construindo a cada dia! É como se você tivesse se dedicado durante anos para construir um belo navio e quando ele está pronto para navegar, você o deixa à deriva. Lute, seja corajoso!
     Fonte: Familia.com.br

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário