Uma Mãe Cansada

Se por algumas vezes você se sentir a pior mãe do mundo e se questionar:
"se todos só falam do amor e prazer de ser mãe, porque que é que eu me sinto tão cansada, precisando de mim e querendo ser eu novamente?".
Eu lhe digo: porque você é normal. Você é um ser humano.
Você tem desejos, sonhos e necessidades.
Não sinta-se culpada quando isso ocorrer. Ter filho dá trabalho, sim!
Eles são extremamente dependentes e isso até nos assusta vez ou outra.
Pode ser que você chore, tenha vontade de sumir, olhe para aquele bebezinho tão lindo e não tenha vontade de pegá-lo no colo. Sim, provavelmente vai!
E isso não significa que você é uma péssima mãe. Não. Muitas de nós sentimos isso
Muitas sofrem caladas, se você vive ou viveu isso, não se sinta mal.
Sabe o que é melhor?
O melhor é que tiramos uma força de não sei onde, um poder, um amor, sacudimos a poeira, damos a volta por cima em instantes e abrimos um sorriso.
Voltamos a ter a doçura que nos é peculiar. Abrimos os braços para nosso bebê. E damos o peito. E ninamos. E acalentamos. Sentindo um amor que não cabe em adjetivos nem expressões.
E isso é a maternidade real. É a dedicação exclusiva mais gratificante de sua vida.
E também, por que não, mais cansativa? Mas, quem é que disse que seria fácil? Fomos preparadas para ser mãe e temos condições de superar tudo isso.
Amor, esse amor de verdade que falamos quando experimentamos a maternidade, tem um custo.
E sabe? Nós damos conta! Pagamos qualquer preço e vale muito à pena. Ah, se vale!
Texto- Papo Materno


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário